Como refinar seus resultados com Marketing Analytics?

Como refinar seus resultados com Marketing Analytics?

Primeiramente é preciso entender que a área do Marketing busca identificar os desejos e necessidades de determinado público-alvo, além de criar e entregar valor para satisfazer seus clientes. Assim, o Marketing é essencial para qualquer empresa, cada dia cresce e novas formas são criadas e atualizadas.

Dessa forma, ele é conhecido por diversos gestores e utilizado por grandes empresas do mercado. Por isso, o Marketing Analytics é uma área cada dia mais estuda e utilizada como uma ferramenta de crescimento empresarial.

O que é Marketing Analytics?

De uma forma simples, é uma área do marketing que tem como objetivos coletar e analisar dados, buscando e entendendo padrões, traçando estratégias e contribuindo para melhores tomadas de decisão.

Ademais, o Marketing Analytics está atrelado ao Big Data, grandes empresas entendem a importância dos dados para qualquer área. Consequentemente, é possível rastrear, monitorar e armazenar quase tudo, é importante analisar da maneira mais correta possivel.

Mas, antes de se aprofundar, é importante diferenciar alguns conceitos existentes, além do Marketing Analytics existe o Web Analytics e o Digital Analytcis.WEB-ANALYTICS-300x169 %categoria Como refinar seus resultados com Marketing Analytics?

Observe a imagem: o Marketing Analytics seria o todo, englobando o digital e web analytics, sendo que o:

  • Digital Analytics – inclui diversos canais, desde paginas a sites, como também redes sociais, entre outros;
  • O Web Analytics – tem seu foco em dados da web, sendo paginas e sites;

Dessa forma, ambos em conjunto possibilitam as empresas encontrarem quais empecilhos na área marketing estão impedindo o crescimento e qual o melhor caminho para alcança-lo.

Qual a sua importância?

Acima de tudo, é a possibilidade que a internet dá de ter acesso a dados. Como, por exemplo: desempenho de campanhas de mídias sociais, perfil dos consumidores em um e-commerce, comportamento dentro de sites, etc. Outrossim, as plataformas em nuvem facilitam a conexão e unificação dos dados empresarias. Todos sendo muito relevantes para qualquer analise.

No entanto, é preciso que os dados não fiquem parados, pois parados não geram informação. Dessa forma, é impossível tomar a melhor decisão ou descobrir qual o caminho mais viável.

Nesse momento que entra o Marketing Analytics, para ajudar as empresas e profissionais de marketing, combinando os dados de todas as plataformas e ferramentas, encontrando os melhores meios, se aperfeiçoando e tendo bases solidas para a tomada de decisão.

Existem muitas tecnologias nos dias atuais, um grande gap encontrado entre os profissionais de marketing são as diversas plataformas e ferramentas de analise de dados. Conseguir analisar para a criação de estratégias é uma ação fundamental.

Quais os benefícios?

Utilizando de forma correta, diversos são benefícios:

  • Mensurar o retorno do investimento – Qualquer ação gera determinado resultado, as grandes empresas buscam sempre o aumento dos resultados e a diminuição do investimento. Uma das mensurações feitas pelo marketing analytics é ROI. Assim, é possivel avaliar o impacto das campanhas e gerando possíveis otimizações.
  • Entender o comportamento do consumidor – A partir dos dados é possível entender o perfil dos consumidores, entender o comportamento dos mesmos dentro do site, qual o impacto para determinados perfis de clientes. Com essas informações é possível traçar estratégias mais direcionados e eficientes.
  • Melhorar o contato com consumidores ou possíveis clientes – Averiguando o CRM da empresa é possível
  • Monitorar os concorrentes – Conseguir analisar quais mudanças o mercado vem tendo e entender como os concorrentes estão agindo pode ser um ponto chave para fazer com que a empresa esteja sempre a frente.
  • Embasar a tomada de decisão – Com os dados corretos e analises assertivas, a possibilidade de decisões melhores aumentam;

Como refinar os resultados?

1 – Primeiramente, é muito importante fazer o de rastreamento dos dados. Dentro de uma organização existem milhares de dados,  porém é necessário saber onde encontrá-los e como eles ficaram disponíveis para análise.

Um exemplo são as redes sociais e mídias pagas, é possível ter acesso a um relatório, contendo todos os dados de interações de consumidores e clientes.

2 – O segundo passo é a coleta de dados. A partir dos objetivos da empresa e dos KPIs pré-estabelecidos, são escolhidas quais as métricas que serão acompanhadas, com isso com será possível compreender e identificar o andamento e evolução das ações de marketing.

Exemplos de métrica:

  • Mídias pagas: Investimento total, impressões, cliques, alcance, leads ou conversões, custo por mil impressões, custo por clique, taxa de cliques, custo por lead, etc.
  • E-mail Marketing: Taxa de entrega, taxa de abertura, taxa de cliques, taxa de conversão, quantidade de inscrições canceladas.
  • Site ou blog: Número de usuários, número de sessões, numero de páginas visualizadas, taxa de rejeição, tempo médio de carregamento da página, tempo médio na página, etc.

No livro The Dictionary of Brand, do autor Marty Neumeier, traz diversas métricas existente no marketing analytics, além de trazer diversos conceitos do marketing.

3 – Por fim, vem a visualização dos dados coletados. Para acompanhamento é muito importante conseguir visualizar esses dados. O data visualization é uma das áreas do analytics, onde o grande papel é a visualização de dados da melhor forma possível.

Conclusão

Em suma, o Marketing Analytics é importante para qualquer empresa de qualquer setor e porte. Ele pode ser a chave para o crescimento da empresa ou até para identificar quais os gaps na área de marketing que a organização está tendo.

beAnalytic

{INSIGHTS}

Inscreva-se na Newsletter

Fale com um especialista!​

Entraremos em contato em 15 minutos.